Fruta – Cruá ou Melão-de-caboclo

Nome da fruta: Cruá ou Melão-de-caboclo

Nome científico: Sicana odorifera (Vell.) Naudin

Família botânica: Cucubitaceae

Categoria:

Origem: América do Sul

Características da planta: Herbácea rasteira ou trepadeira, ramos quadrangulares. Folhas grandes, base cordada, tripartidas, com até 30 cm de diâmetro. Flores alvas ou amarelas.

Fruto: Tipo peponídeo, cilíndrico, laranja-avermelhado até violeta-escuro, de 30 a 60 cm de comprimento. Polpa aquosa, amarelo-alaranjada, fortemente aromática, envolvendo numerosas sementes castanho-escuras.

Frutificação: Durante o ano todo

Propagação: Sementes

Abundante há alguns séculos, o cruá está praticamente desaparecido. Hoje, essa fruta nativa da América pode ser mais facilmente vista nas belas naturezas-mortas do pintor holandês Albert Eckhort – que conheceu e retratou o Brasil acompanhando a corte de Maurício de Nassau no século 17 – do que na natureza propriamente dita ou em quintais.

Trata-se de um dos maiores frutos provenientes de trepadeiras. Parente do melão, pouco se parece externamente com ele. Seu formato é alongado, oblongo, chegando a 60 cm de comprimento e 12 cm de diâmetro. Tem a mesma casca dura e resistente do melão, mas a cor é bem diferente, variando de alaranjado a roxo-escuro. A polpa amarelada e carnosa, envolvendo sementes achatadas, tem cerca de 1 cm de espessura.

Segundo aqueles que tiveram o privilégio de conhecê-lo, o cruá ou melão-de-caboclo tem um perfume forte, característico, que justifica seu nome científico – odorífera – e outro de seus nomes populares – cabeça de odor. O sabor do cruá, no entanto, costuma ser avaliado como enjoativo, o que não impede seu aproveitamento nem reduz as possibilidades de consumo.

Apreciada como planta medicinal, considera-se que as semente do cruá têm grande valor para as mulheres, por atuar na regulação de seu ciclo menstrual. Além disso, são tidas como bom remédio para moléstias do intestino, devendo ser consumidas em pequenas quantidades (5 a 10 gramas de semente por vez).

Fruta de uma planta anual, espaçosa, que cresce, frutifica e morre em curto período, quando deixada à vontade a trepadeira chega a ocupar toda a copa da árvore que lhe serve de hospedeira.

Fonte: Livro Frutas Brasil Frutas

Artigos relacionados:


 

Design © 2006 por the undersigned | Patrocinador: Weber Poker Tables| Tradução por: BlogueIsso!