Category Archives: Frutas e a saúde

Os benefícios no consumo de romã

 Os benefícios no consumo de romã

  • A romã é boa fonte de fibras, de vitamina C, prolina, valina, serotonina, metionina, niacina, vitamina A e vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B5, B6). Sais minerais: cloro, cálcio, cromo, magnésio, potássio, selênio e zinco.
  • A romã é rica em fitoquímicos.
  • A romã e seu suco são ricos em antocianinas e ácido elágico, que tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.
  • O suco de romã consumido todos os dias pode melhorar a saúde cardiovascular.
  • O extrato de romã contém taninos hidrolisáveis, que reduzem o colesterol ruim (LDL), retarda o envelhecimento e são aliados na prevenção do câncer.
  • Fonte de sais minerais, a fruta ajuda a combater a fraqueza e a anemia, a falta de memória e proporciona um ótimo reforço as defesas de nosso organismo, garantindo o bom funcionamento do sistema imunológico. Além disso, a romã mantém os ossos fortes, protegendo contra a osteoporose, a artrite e a artrose.
  • O suco da romã funciona como um viagra natural, aumentando o nível de testosterona no corpo.

A palavra pomegranate (romã em inglês) é o termo em francês arcaico para “maçã cheia de sementes”, um nome apropriado para esta fruta do tamanho de uma maçã cheia de sementes vermelhas, que se parecem com jóias. Existem muitos tipos de romã cultivados no mundo todo. A colheita da fruta é realizada no verão, a partir de novembro, tendo como pico da safra o mês de janeiro.

A romã tem uma casca vermelho-arroxeada escura, semelhante ao couro. O interior da fruta é repleto de centenas de diminutas sementes comestíveis, envoltas em compartimentos chamados de arilos e separadas por membranas cor de creme. A romã pode ser comida diretamente da árvore, puxando-a para cima e quebrando a casca. Os sacos de sementes da romã são então retirados e comidos.

Geralmente a romã é mais consumida em sucos preparados de diversas maneiras. Os sacos podem ser removidos e colocados em uma peneira ou o suco pode ser extraído espremendo a fruta em um espremedor de suco comum. Outra forma de fazer o suco de romã é cortar o talo e colocá-lo sobre um copo, deixando o suco escorrer e apertando a fruta de vez em quando. Uma romã rende cerca de 1/3 de xícara de suco. O suco da fruta pode ser usado para fazer geleia de romã, sorbet, molhos ou para dar sabor a bolos e a maçãs assadas.

A romã é uma boa fonte de potássio. Uma fruta contém cerca de 400 mg, mais do que a maioria das laranjas. Também contém vitamina C e fibras.

A romã e seu suco são ricos em antocianinas e ácido elágico, que têm propriedades antioxidantes. Pesquisas mostraram  que o suco de romã tem de duas a três vezes mais capacidade antioxidante que a mesma quantidade de vinho tinto ou de chá verde, e as antocianinas dão uma importante contribuição para o poder antioxidante da romã. Um estudo recente sugere que pessoas que bebem suco de romã todos os dias podem melhorar a saúde cardiovascular. Isso porque a romã tem a capacidade de reduzir significativamente a oxidação do LDL-colesterol.

Fontes: Livro Alimentos Saudáveis Alimentos Perigosos, Site grzero

Os benefícios da amora-preta para a saúde

Os benefícios da amora-preta para a saúde

Quando bem maduras, as amoras-pretas são doces e suculentas. Os tipos cultivados variam de uma cor castanha e levemente azeda a um tom vermelho-escuro e bem azedo, suas várias sementes fazem da amora-preta uma fruta rica em fibras. Meia xícara de amoras-pretas frescas tem 40 calorias e fornece 15 mg de vitamina C, ou 33% da Ingestão Diária Recomendada para mulheres adultas, assim como 20 mcg (microgramas) de ácido fólico e pequenas quantidades de ferro e cálcio.

As amoras-pretas contêm antocianinas, que trazem diversos benefícios à saúde – como ajudar na prevenção do câncer e das doenças do coração, e também combater alguns dos efeitos do envelhecimento.

As amoras-pretas contêm ácido elágico, uma substância que pode ajudar a prevenir o câncer. Aparentemente cozinhá-las não destrói o ácido elágico, portanto as geleias de amora-preta também podem oferecer esse benefício à saúde.

Pessoas alérgicas à aspirina podem ter as mesmas reações ao comer amoras-pretas. Isso acontece porque elas são uma fonte natural de salicilatos, substâncias relacionadas ao componente ativo do medicamento.

Vantagens no consumo de amora-preta:

  • Contém poucas calorias e é rica em fibras
  • Boa fonte de vitamina C e bioflavanóides. Também contém ácido fólico, ferro e cálcio
  • Contém antocianinas, bioflavanóides com numerosos benefícios para a saúde, como a redução do risco de desenvolver câncer e doenças do coração. Também contém o ácido elágico, que possui propriedades anticancerígenas.

Desvantagem no consumo de amora-preta:

  • Contém salicilatos, o que pode provocar reações em pessoas sensíveis a aspirina

Fonte: Livro Alimentos Saudáveis Alimentos Perigosos

Os benefícios no consumo de figo

Os benefícios no consumo de figo

Vantagens no consumo de figo:

  • Uma fonte rica em potássio, cálcio e ferro
  • Rico em fibras

Desvantagens no consumo de figo:

  • Figos frescos estragam rapidamente
  • Figos secos são muito calóricos. Seu alto teor de açúcar e sua aderência contribuem para a formação de cáries
  • O figo pode causar diarréia
  • O figo pode ser contaminado por mofos e suas toxinas

Presentes na dieta mediterrânea por pelo menos 6000 anos, os figos foram fonte importante de açúcar. Não são frutos, mas sim receptáculos de flores em galhos desfolhados. As verdadeiras frutas são os aquênios, semelhantes à semente, que se desenvolvem junto às imperceptíveis flores dentro do bulbo polpudo.

Nem as abelhas nem o vento contribuem para a polinização dos figos. Uma única espécie de vespa, com apenas 3 mm de comprimento, poliminiza as flores quando entra e sai por um pequeno poro na ponta arredondada do figo. Os produtores de figo dependem dessa relação simbiótica e a estimulam amarrando figos silvestres que contenham ovos das vespas aos galhos das figueiras. Esse método de garantir a fertilização vem sendo usado desde a Antiguidade, quando foi relatado pela primeira vez por um discípulo de Aristóteles.

Tradicionalmente, os figos eram amadurecidos esfregando óleo na casca, o que estimulava o agente de amadurecimento – o etileno. Muitos produtores de figo não utilizam mais essa prática, pois ela compromete o sabor da fruta.

Como os figos frescos normalmente ficam machucados e estragam com rapidez, a maior parte da produção é usada seca ou enlatada. Embora rico em calorias – 180 em cinco pedaços -, o figo seco é um lanche nutritivo, contribuindo com 15% ou mais da Ingestão Diária Recomendada (IDR) de cálcio e 8% da IDR de 15% do ferro, bem como de 6 g de fibras e quantidades razoáveis de vitamina B6. Consumir figos com frutas cítricas ou outra fonte de vitamina C aumenta a absorvição de ferro.

Examine os figos cuidadosamente antes de comprá-los. Os frutos devem estar macios, mas não passados, sem nenhum amassado ou sinais de mofo.

Tanto os figos frescos como os secos são ricos em pectina, uma fibra solúvel que ajuda a reduzir o colesterol no sangue. Os figos também têm efeito laxativo, portanto são especialmente benéficos para pessoas que sofrem de prisão de ventre crônica. Para outras pessoas, entretanto, o excesso pode provocar diarréia.

Barrinhas de figo são muito nutritivas e têm menos gordura e açúcar do que a maioria dos biscoitos; duas barrinhas contêm menos de 100 calorias. Como tende a grudar nos dentes – como os figo secos -, é importante escová-los depois de comer.

Valor nutricional do figo:

Nutrientes (em 100 g)

Unidade

Quantidade

Próximos
Água

g

28.4

Calorias

kcal

255.0

Carboidratos

g

65.4

Proteina

g

3.1

Gordura

g

1.2

Fibra

g

12.2

Cinza

g

2.0

Minerais
Calcio

mg

144.0

Ferro

mg

2.2

Magnésio

mg

59.0

Fósforo

mg

68.0

Potássio

mg

712.0

Sódio

mg

11.0

Zinco

mg

0.5

Cobre

mg

0.3

Manganés

mg

0.4

Vitaminas
Vitamina C

mg

0.8

Thiamina (B1)

mg

0.1

Riboflavina (B2)

mg

0.1

Niacina

mg

0.7

Ácido “Pantothenic”

mg

0.4

Vitamina B6

mg

0.2

“Folate”

mcg

7.5

Vitamina B12

mcg

0.0

Vitamina E

mg

0.0

Fonte da tabela: calusnefarms

Fonte: Livro Alimentos Saudáveis Alimentos Perigosos