Arquivos da categoria: Mutamba

Fruta – Mutamba

Nome da fruta: Mutamba

Nome científico: Guazuma ulmifolia Lam.

Família botânica: Sterculiaceae

Categoria:

Origem: América tropical

Características da planta: Árvore de até 15 metros de altura, tronco reto. Folhas simples, bordo serreado. Flores pequenas, creme-amareladas, reunidas em inflorescência.

Fruto: Tipo cápsula, arroxeado e também apreciado por muitas espécies de animais silvestres.

Frutificação: Primavera

Propagação: Semente

Encontrada no Brasil, da Amazônia ao Paraná, a mutamba é planta originária da América tropical, podendo ser encontrada em toda região da floresta amazônica, úmida e quente.

Hoje, cientistas e pesquisadores de todo mundo têm seus olhos voltados para a mutamba, nela depositando grandes esperanças na área farmacológica: acredita-se que a planta seja uma rica fonte natural de substâncias como o tanino e antioxidantes químicos, capazes de contribuir para a dissolução de dois males que há muito tempo assolam a humanidade: o câncer e a calvície.

Se realmente forem confirmadas essas propriedades, será mais uma vitória da medicina popular, que há séculos a vem utilizando para variados fins, como o tratamento de males gastrintestinais, diabetes, pressão alta e até doenças venéreas. No México, na Guatemala, no Belize e na Amazônia como um todo, diferentes partes da planta têm sido utilizadas com finalidades medicinais desde os tempos dos maias. Estes foram, provavelmente, os pioneiros no aproveitamento da mutamba, tendo desenvolvido várias técnicas específicas para isso.

Ao que tudo indica, tais propriedades só são encontradas significativamente na casca do tronco da árvore e nas folhas, não nos pequenos e comestíveis frutos. A casca arroxeada, quase negra da mutamba tem um aspecto que, de qualquer maneira, não é dos mais atraentes. Em seu interior, encontra-se uma polpa esbranquiçada e seca, pouco convidativa para que o fruto seja provado.

Diante disso, não surpreende que macacos e outros animais aproveitem muito mais e melhor do que os seres humanos as virtudes alimentares dos frutos da mutamba.

Resta, entretanto, a possibilidade de aproveitar-se a sombra. Árvore que, com frequência, alcança 15 metros de altura, a mutamba tem copa densa e bela que, não só concebe uma sombra densa e fresca, como também se presta perfeitamente ao paisagismo, em sítios e parques urbanos. Além disso, de acordo com Harri Lorenzi, ela é considerada planta indispensável para a recomposição de áreas florestais degradadas.

Fonte: Livro Frutas Brasil Frutas