A história do uxi

Nome da fruta – Uxi

Nome científico – Endopleura uchi (Huber) Cuatrec.

Família botânica – Humiriaceae

Categoria -

Origem – Brasil – região amazônica

Características da planta – Árvore de até 30 metros de altura, tronco reto. Folhas rígidas, alongadas. Flores pequenas, de coloração esverdeada, aromáticas, reunidas em inflorescência.

Fruto – Tipo drupa, alongado, casca esverdeada quando jovem e roxa posteriormente. Polpa comestível, aromática, oleaginosa, envolvendo uma semente muito dura.

Frutificação – Verão

Propagação: Semente

A história do uxi

Plantar uma árvore de uxi com a expectativa de apreciar seus frutos requer paciência e talvez planejamento, envolvendo o esforço de mais de uma geração. Sua resistente semente germinará, se o fizer, em não menos de 9 meses, podendo demorar até mais do que uma gestação humana. Por esse motivo, Carlos Hans Muller, da Embrapa, especialista em plantas do trópico úmido, estuda formas de romper o tempo de dormência das sementes do uxi.

Além disso, provavelmente será preciso esperar mais de 20 anos até que a árvore do uxi comece a frutificar. E não se espere, logo de início, uma produção abundante: a árvore oferecerá alguns frutos contados e não fará menção de fazer germinar outra árvore. Quem se dispuser a procurar uma muda de uxi debaixo de outro uxi há de se preparar para uma longa e cansativa busca pelas fechadas matas equatoriais.

Por tudo isso, entre as frutas comestíveis do Brasil, por enquanto o uxi talvez seja uma das que menos justifica uma produção comercial. E não porque o fruto, rico em gorduras, não constitua bom alimento, ou porque seu sabor, aroma ou textura sejam pouco apreciáveis – tudo, no uxi, é bom, menos a aparência. Na realidade, o fruto maduro, verde-amarelado ou pardo, a olhos menos avisados, parecerá estragado. Apesar disso, a fruta de polpa escassa, envolta em um caroço grande e duro, é consumida com prazer e frequência na região Norte do país. A um só tempo oleoso e farinhento, de sabor e cheiro peculiares, este último persistindo por muitos dias depois de o fruto cair da árvore, o uxi é parte importante da alimentação das populações nortistas. Vegetando de forma dispersa por todo o estado do Pará, sobretudo na ilha de Marajó, mesmo nas regiões em que está disseminado, o uxi é encontrado com menos facilidade a cada ano que passa: pela teimosia em germinar, tornou-se uma das principais vítimas do desmatamento da Amazônia.

Fonte: Livro Frutas Brasil Frutas

Artigos relacionados:


 

Design © 2006 por the undersigned | Patrocinador: Weber Poker Tables| Tradução por: BlogueIsso!